Ir para conteúdo

Música sem fronteiras

Fotos:
|
Texto: RIOetc

Fotos: Juliana Rocha

A ideia começou depois de terem morado juntos em Londres com um outro amigo. De volta ao Rio 2 anos depois, resolveram dar início a um projeto que, mais tarde, se tornaria a festa Klak. Carlos Gualda e Guilherme Freire queriam algo que tocasse o que não rolava por aqui. Sem muitas amarras de estilo, focando num som mais eletrônico e sem fronteiras. Desde disco e house, passando por minimal e chegando nos ritmos brasileiros e regionais. Hoje eles vão tocar juntos na edição de 2 anos da festa. Então, pra ir esquentando aperta o play!

 

Comentários