Ir para conteúdo

Como se fosse a primeira vez

Fotos:
|
Texto: RIOetc

Fotos: Juliana Rocha

Era a primeira vez que a FYI mostrava sua coleção de inverno, do seu 2º ano de existência. Já para Mariana Lima, era o  12º ano trabalhando com moda e o 1º como mãe da Betina. A Mariana sabe como ninguém buscar as boas novas da cidade e recomenda uma ida ao Belchior Brechó, no Humaitá, que além dos achados habituais oferece exposições, showzinhos, sangrias e brownies. E também, a Biblioteca Parque Estadual é uma pedida, nesses tempos que a vida pede uma pausa e um pouco de poesia.

Mas, na verdade, para a Mariana caçar boas novidades ela vai além das agendas de eventos e lugares bacanas. O segredo está no olhar como se fosse a primeira vez e, no caso dela, essa percepção veio a tona junto com a Betina. É no acordar em horários diferentes, no abaixar e ver aonde o olhar dela alcança e no próprio aprendizado da pequena que a Mariana se vê re-conhecendo o mundo.
 

Comentários