Ir para conteúdo

Os arquitetos skatistas do Oi STU Open 2018

Fotos: Felipe Haua
|
Texto: RIOetc

O cenário respira ansiedade. Alguns curiosos deixam apenas olhares atentos, outros já deixam marcas de rodinhas. Dos dias 14 a 18 de novembro, o Oi STU Open 2018 chega à Praça Duó, trazendo ao local atletas internacionais e nacionais como Leticia Bufoni e Pedro Barros, além de duas pistas de skate remodeladas, idealizadas pela Rio Ramp Design, escritório de arquitetura comandado pelos sócios e skatistas Sylvio Azevedo e Bruno Pires.

“A gente não faz só porque gosta. É também sobre deixar um legado para os atletas, os locais e a própria cidade”. Para o Bruno, dedicar-se ao esporte há mais de 10 anos envolve mais do que paixão. Neste ano, por exemplo, o convite para revitalizar as pistas da Praça Duó deu à dupla a oportunidade de ajudar na profissionalização de skatistas locais e na classificação dos atletas. Após o campeonato, quem tiver um bom desempenho pode garantir uma vaga na seleção brasileira de skate em 2019, ou até mesmo conquistar o sonho de qualquer atleta: competir nos Jogos de 2020. 

“Por um lado existe a facilidade de entender como se anda por aqui. A gente é muito envolvido com os locais. Então, o nosso projeto passou por muitas mãos, a gente consulta. Por outro, a dificuldade é querer fazer tudo perfeitamente, porque depois do campeonato a praça vai continuar sendo pública e precisamos construir pistas também pensando na comunidade local”, explica Sylvio. 

Comunidade que, por sinal, vai aproveitar muito as mudanças. O antigo bowl foi demolido e ganhou uma área quatro vezes maior, com paredes que chegam até 3,10 m. Já a pista de street ganhou ainda mais ampliações do que a primeira revitalização, também feita pela Rio Ramp em 2013. Às vésperas do campeonato e da entrada oficial dos atletas, a mensagem que fica busca referências nos ensinamentos do skate: “Nesse universo a gente tem uma máxima que nos ensina a cair e levantar, ser resiliente. Não dá para esquecer isso nunca, seja na arquitetura ou até mesmo competindo”, explica Sylvio.

Comentários