Ir para conteúdo

Como chegar e se locomover no paraíso

Fotos:
|
Texto: RIOetc

Fotos de Tiago Petrik

Boipeba é uma ilha, onde os carros ainda não foram convidados a entrar (ainda bem!). Portanto, pra chegar lá, de um jeito ou de outro, você vai ter que pegar um barco. Pra quem vem de Salvador, existem opções de ligação com Morro de São Paulo (que fica na ilha de cima do mesmo arquipélago), e de lá você precisa pegar outro barco ou um jipe e depois uma canoa ou lancha. A viagem de Salvador a Morro parte do Mercado Modelo e dura em torno de duas horas (mas pode variar, dependendo do mar) e custa R$ 75. De Morro a Boipeba, mais uma horinha e pouco e mais R$ 55 (de barco). Mas se você estiver com muita pressa e um pouco de coragem, tem também aqueles aviões bimotores fazendo a ligação Salvador-Boipeba. Mas do aeroporto até a vila você também precisa de um barquinho. A viagem custa R$ 300 e demora meia horinha.

Uma vez em Boipeba, também é natural que o principal via de transporte seja marítima. A canoa aí de cima é só pra ilustrar, porque o que você vai ter à disposição mesmo são pequenas lanchas ou barcos de pescador transformados temporariamente em barcos de turistas. Existem vários passeios, entre os quais a gente destaca o de volta à ilha (que dura o dia todo e custa R$ 60 por pessoa, na alta temporada), e a viagem até as Piscinas de Moreré (R$ 30 por cabeça), dependendo da maré favorável.

Uma opção barata pra quem quer ir até a Praia de Moreré sem andar demais (o caminho pela praia demora cerca de uma hora) é o trator que faz a ligação com a vila de Boipeba. Custa R$ 5 e demora uns 20 minutos. Tem trator a toda hora.

Também dá pra fazer passeios a cavalo, mas a gente alerta que são pangarés não muito ágeis!

E se você tiver muita mala pra carregar até sua pousada, pode ficar tranqüilo: tem sempre um guia disposto a te ajudar com um carrinho de mão. O serviço é pago, naturalmente, e os preços variam de acordo com o freguês e a conversa!

Ah, mais um recado importante: se você for atravessar o rio entre a Coeira e Moreré a pé, cuidado com as ostras! Elas cortam profundamente! Pra ver outras dicas de Boipeba, clica aqui!

Comentários