Ir para conteúdo

4 – Sooz

Fotos:
|
Texto: RIOetc

Seu Noel, velho bamba
Este ano eu mando este samba
Quero te ver cariocar (sonho meu)

O ano foi pesado, mas quem vive de museu é passado
Chorar não ajuda ninguém

Por isso, com carinho
Sem espinho e sem desdém
Eu te peço com jeitinho
Pra que no meio deste vai-e-vem

Você passe de antemão en la tierra de São Sebastião
Olha aqui por esta pobre sambista
Crente, gente, que é artista
Pedindo paz e proteção (pra geral)

Aproveita, bom velhinho
Esquece o norte, o inverno cruel
Pois recompensa a labuta de Noel
Esticar aqui até o Carnaval!

Comentários