Ir para conteúdo

2 – Mariana

Fotos:
|
Texto: RIOetc

Querido Papai Noel,
Tudo bem com o senhor? E as renas, estão bem gordinhas pra aguentar a viagem? Eu comecei a escrever essa carta pra pedir um presente, sabe, como todo ano, mas aí me lembrei que eu sempre te mando cartas em dezembro, pedindo, mas que nunca (nunquinha, vê que coisa) te mandei uma carta em janeiro, agradecendo pelo que recebi.
Então, Papai Noel, essa vai deixar de ser uma carta de pedido e vai virar uma carta de agradecimento: (para ler a carta inteira, clique aqui!)
Obrigada pela bicicleta amarela, que não tinha cestinha, mas era muito mais radical! Obrigada pela boneca da Mônica (da Turma da Mônica), que era quase do meu tamanho. Sabia que ela mora até hoje no meu armário? Obrigada pela Barbie que fazia maquiagem, e pela piscina da Barbie também!
Obrigada pelo liquidificadorzinho que funcionava de verdade e pela máquininha de escrever. Obrigada pelo War e pelo Jogo da Vida. Obrigada pelo Master System. Eu nunca consegui zerar nem um joguinho de videogame, mas as tardes de chuva ficaram bem animadas com ele. Ah, obrigada pelos patins, também. E pelo relógio que trocava de pulseira, que eu perdi no reveillon daquele mesmo ano, acredita?
Enfim, Papai Noel, obrigada por todos os presentes que você deixou embrulhados na minha porta, ou debaixo da árvora na casa da minha madrinha, ou na casa do meu pai, pra eu pegar no dia seguinte.
E obrigada também, e principalmente, pelos presentes que você não embrulhou: uma família grande, engraçada e barulhenta, e muito unida, um emprego legal, uma boa dúzia de amigos sinceros, uns irmãozinhos show de bola, uma saúde bem boa e alegria de viver.
É isso, Papai Noel, ó, essa carta é só pra agradecer mesmo. Esse ano não tô pedindo nada pro senhor. É que eu tô achando que vou ganhar um bocado de presente de um pessoal de um site aí, chamado Rio Etc., então não precisa se preocupar comigo não!
Um beijo, Papai Noel, e mais uma vez muito obrigada!
Mariana

Comentários