Ir para conteúdo

Dia de festa: A Carioca ama!

Fotos:
|
Texto: RIOetc

 

[DJ Gala/Pitada]

Se há uma coisa inegável é de que o carioca adora uma farra! Basta dar uma espiadinha no nosso carnaval, oficial e o de rua… pura alegria. Mas a brincadeira não precisa ser séria como a folia de Momo que no fim acaba com qualquer um. Aquela reuniãozinha em casa regada a um bom papo recheado de bons amigos e muitos sorrisos é um prato cheio para a nossa alegria, que já não é pouca. Ainda que a coisa não caminhe para mais energia na “pista” sobre o tapete, a noite já está ganha!

E nesse espírito é que recebi o convite do RIOetc para trazer o clima musical perfeito para receber os amigos em casa antes que o vizinho de baixo reclame. A trilha está disponível no livro A Carioca – Guia de Estilo para viver a Cidade Maravilhosa, para você ouvir enquanto lê. Pra começar, um clássico de Jorge Ben, “Namorado da Viúva”, com todo o molejo inconfundível que ele emprestou ao violão e à nossa discografia com um dos melhores álbuns da história, o divisor de águas “A Tábua de Esmeralda”. A paulista Tulipa Ruiz vem em seguida com sua voz doce em uma canção singela sobre “A Ordem das Árvores”, do primeiro disco. A batida carioca fica ali representada pelo excelente baterista Duani, ex-Forróçacana.

Mais um clássico: “Baby, you can drive my car”, dos Beatles, na elegância de arranjo produzido por Ben Addison, um dos cabeças do acid jazz do Corduroy. Na sequência, duas conexões com Caetano Veloso: Céu cantando “Eclipse Oculto” numa batida meio synth (perfeita pro momento pista da festinha) colada em “Bogotá”, do Criolo, que arrebentou em 2012 cantando inclusive ao lado de Caê no VMB da MTV.

Cícero traz todo mundo de volta pro papinho com a suavidade de “Tempo de Pipa”, encartada no seu primeiro disco, “Canções de Apartamento”. Perfeito pra mesclar com Kings Of Convenience pensando se dança em “I’d Rather Dance With You”. Mallu Magalhães vem mais madura em “Velha e Louca” e abre caminho pra turma de Curumin, Karina Buhr, Marcela Bellas e Bárbara Eugênia, que estão baseados em São Paulo mas traduzem nosso espírito praiano muito bem. Destaque para a pista fervendo com “Constellations”, que o Queremos trouxe pra lona do Circo Voador, em 2011, cheio de coreografias que divertiram o povo que compareceu. E pra arrastar o sofá, feche com “Top Top”, do Mutantes, que não envelhece nunca!

Vai lá na Rádio GNT, onde estão hospedadas as trilhas d’A Carioca, chame os amigos e aperte o play!

Comentários