Ir para conteúdo

Confetes e serpentinas

Fotos:
|
Texto: RIOetc

[Galalau/Pitada] Foto de Tiago Petrik

Antes de algumas semanas de férias da coluna, curiosamente, escrevi sobre a trilha carnavalesca que acompanha as páginas de “A Carioca”. Eis que retorno quando a folia de Momo já está nas ruas do Rio há pelo menos duas semanas. Mas o quente, literalmente, são os quatro próximos dias, quando pessoas de vários cantos do país e do mundo se juntam aos animadíssimos foliões cariocas. Pra quem ainda não sintonizou as antenas no Carnaval, preparei uma nova programação para a Rádio RIOetc inspirado nos ritmos típicos desta época.

Foi impossível fugir de algumas canções já citadas aqui, seja por sua beleza ou pela atmosfera festiva, como composições de Antonia Adnet, Marina de La Riva, Tono e Márcia Castro. Mas pra começar tem “Baile Particumdum” do Partimpim Vol.2, de Adriana Calcanhotto, e a elegância de Thalma de Freitas na interpretação de “O Samba Taí”, composição de Seu Jorge e o amigo Sérgio Pell. A cultura da guitarra baiana é resgatada pelo BaianaSystem, projeto de Robertinho Barreto, em “Frevofoguete” e, logo depois, Gal Costa fervendo na clássica “Balancê”, escrita pelo saudoso Braguinha em cia de Alberto Ribeiro.

E falando em clássicos, Chico Buarque faz troça com as guerras em pleno carnaval com “Rio 42”, da Ópera do Malandro, seguido de Maria Rita em sua ode aos “Valores Do Passado”. O frevo volta com o resgate da Orquestra Popular da Bomba do Hemetério (nome de um bairro na periferia de Recife) em “Frevando em Paris” e modernas leituras do ritmo pelas mãos da Orquestra Contemporânea de Olinda, em seu novo e ótimo disco “Pra Ficar”(2012) e Numismata na companhia de Maria Alcina em “A Vida Como Ela é”.

Romulo Fróes ressuscita São Paulo do túmulo do samba com a marchinha “O que todo mundo quer – Ninguém liga” e pra fechar dois sambas de avenida: “Fanfarra (Cabua-Le-Le)“, encartada no disco Brasileiro, de Sérgio Mendes, e “O Dia Em Que O Sol Declarou Seu Amor Pela Terra” uma lindíssima composição de Jorge Ben que você pode conferir no vídeo exibido em janeiro de 1982, no Fantástico, da TV Globo.

Tomara que o astro-rei venha abrilhantar e aquecer os nossos dias de folia porque ele anda devendo neste verão carioca!

PS do editor: DJ Galalau agora tem uma página no Facebook. Bora lá curtir?!

Comentários