Ir para conteúdo

Cigarros e chocolate

Fotos:
|
Texto: RIOetc

[Inácio Martinelli]

Em um dos shows mais aguardados do ano, Chet Faker fez a sua estreia em solo carioca, na última quinta. Durante mais de uma hora, no Sacadura 154, ele mesclou músicas de seus dois álbuns – “Thinking in Textures” e “Built on Glass” – ora sozinho, ora acompanhado de uma pequena banda, com guitarra e bateria.

A noite teve início com “Cigarettes and Chocolate”, na qual o australiano apresenta seu lado DJ, em um live que não chega a empolgar. Em seguida, na música “Melt”, Chet começou a exibir o seu talento vocal. Porém, fez falta a voz suave da americana Kilo Kish, que já teve músicas produzidas por nomes como SBTRKT e Childish Gambino, e está presente na versão de estúdio da canção.

Logo depois, “Release Your Problems” criou o primeiro dos muitos momentos perfeitos para os casais apaixonados. Na primeira parte do show, ainda destacaram-se “No Diggity”, versão do cantor para o sucesso do Blackstreet, que proporcionou o maior coro da noite, e “Drop The Game”, parceria com Flume, outro australiano catapultado ao sucesso nos últimos anos.

No bis de quatro músicas, “Gold” e “Talk is Cheap” foram cantadas por todos na plateia, fazendo o cantor esboçar um raro sorriso. Porém, com elementos da soul music, trip hop e o extenso uso de bases eletrônicas, as canções de Chet Faker, ao vivo, não têm o mesmo apelo de quando escutadas em um fone, com cigarros e chocolate à vontade.

Fica ligado! Dia 14 de maio vai rolar o show do Jungle, no mesmo Sacadura 154, em mais uma iniciativa do Queremos. Imperdível! Nos vemos lá.

Fotos: Juliana Rocha

Comentários