Ir para conteúdo

Vinicius Teixeira Oi STU Open 2018

Fotos:
|
Texto: RIOetc

@marney_pp22

“Liberdade é ser vinte e dois”. É nessa frase que o Vinicius Teixeira, conhecido na Praça Duó como Marney, se inspira todos os dias ao colocar seu skate na pista. A gíria, que costuma representar “os malucos”, para ele é um grito de liberdade de expressão. Três anos depois que ganhou seu primeiro longboard– presente de uma ficante-, o skatista não se enxerga longe das rampas, e vê no esporte uma oportunidade de crescimento cultural: “quando você começa a pegar carisma, você quer se superar, desenvolver conhecimento e começa a enxergar valor em coisas simples como a amizade e a união”.

“Há dois anos, criamos um evento chamado Papo 22, com batalha de rima, roda cultural, skate… Começou de forma orgânica, a gente não imaginava, só queria trampar junto com o coletivo e fizemos a parada acontecer, tinham mais de 100 pessoas nos prestigiando. Esse movimento não aconteceria sem o skate”, explica o skatista, que entre uma manobra e outra, compõe rimas que fazem sucesso entre a comunidade local.

Comentários