Ir para conteúdo

Um time com fome de detalhe

Fotos:
|
Texto: RIOetc

Num ponto movimentado do Leblon fica um pontinho laranja de luz que chama a atenção de quem passa pela rua. E isso já acontece há algum tempo – desde 2006 a loja do Koni ocupa daquele espaço. Foi por ali, que encontramos Nina Amorim e Vanessa Huguinin.

Aquela primeira casa na Av. Ataulfo de Paiva tem muita história pra contar. Fazendo uma analogia familiar, em dez anos surgiram outras 114 irmãs espalhadas pelo Brasil. Com um espírito leve e divertido, o “japa fora da caixa” passa por um momento de resgate às origens, aproveitando a deixa do seu aniversário.

“Logo nos primeiros anos a marca tinha uma atenção muito voltada pra produção de conteúdo e falar com o público de forma inusitada. Nossa missão agora é trazer isso de volta com mais força ainda”, explica Nina, que agora começou a tomar conta, com todo carinho, das experiências e ações de posicionamento da marca. Junto com sua dupla, Tiago Raposo, planejam ações e parcerias. Enquanto ela toma conta da parte mais visual da marca, Tiago lida com os números, relacionamento com os franqueados e etc.

Pra colocar tudo isso em prática, o time ganha uma grande aliada: Vanessa, que foi a primeira gerente de marketing do Koni, mais ou menos em 2008, agora dá consultoria de posicionamento. “Eu, que sempre trabalhei na área de gastronomia, decidi há poucos anos sair do mercado corporativo e empreender. A Food-se é uma assessoria em estratégias para posicionamento de marcas no segmento food e agora embarca nesse momento com o Koni. Nossa missão é fortificar o DNA da marca de forma surpreendente, encantando cada vez mais o público”, conta Vanessa.

O mantra “fome de detalhes” não poderia ser mais apropriado. Juntos, Nina, Vanessa e Tiago cuidam de cada etapa que passa pela experiência de sentar e comer um japa. Hoje, eles tem um calendário de marketing que anda junto com o de posicionamento e branding.

O Gokoni é o serviço de delivery e “filhote” do Koni. E na hora de aproximar o cliente, é com eles mesmo: o consumidor pode acompanhar os pedidos através das câmeras posicionadas na cozinha, ou seja, ver o pedido em tempo real – fora o programa de fidelidade, o Gokoni Club! Além disso, eles são super hitech: 98% dos pedidos são online. Hoje, o Gokoni tem 7 lojas espalhadas pelo Brasil – e a tendência é só crescer!

Então, amantes de comida japonesa de plantão: fica o alerta. Em abril tem novidade! A gente fica aqui na espera e na torcida.

Fotos: Juliana Rocha

_DSC7200 cópia _DSC7222 cópia _DSC7259 cópia

BannerRioEtc_TexturaTriangular_633x76px

 

Comentários