Ir para conteúdo

Um olhar de força e resistência

Fotos: Felipe Haua
|
Texto: RIOetc

@sd.julianna

Dando continuidade ao mês da Consciência Negra no RIOetc, apresentamos a Julianna Duarte. Ela é fotógrafa e estava no show do Mano Brown com o Jorge Ben Jor, na lapa que rolou no último final de semana de outubro e foi pra cantar com o coração. Para ela, todos os shows com representatividade negra nesse momento são como um grito de liberdade, resistência. Momento de mostrar que estamos aqui, cada música, cada verso é força. Em novembro, temos o dia da Consciência Negra, que é uma data de muita importância para a fotógrafa, que representa o reconhecimento dos descendentes africanos na constituição e construção da sociedade brasileira.  Além de mostrar  importância da igualdade social, e a inclusão dos negros e negras na sociedade.

Os penteados, as maquiagens, as roupas que caracterizam a cultura afro no Rio, ela comenta, são muito interessantes de observar nesses eventos. Mostram para as pessoas a liberdade e o orgulho cada vez maior, de serem quem são. O que são.

Comentários