Ir para conteúdo

Moda, música e luta

Fotos: Bel Corção
|
Texto: RIOetc

@slick9ine_abronca

Este mês rolou a Flup, como já comentamos aqui antes. Lá conhecemos a Slick, que nos falou sobre o Dia da Consciência Negra: “É, nós sabermos que não estamos sozinhos. É celebrar o nosso dia e não esquecer das coisas que sofremos e das coisas que aconteceram com nossos antepassados. Isso não é mimimi. É importante, sim, e devemos dar as mãos uns para outros e celebrarmos todos os anos, ou melhor, todos os dias! Pois todos os dias derrubamos mais um barreira! Viva todos negros e negras. Amém!”

Com apenas 22 anos, ela é rapper do grupo Abronca – as meninas já lançaram 3 clipes juntas. Elas cantam sobre amor, festa, um pouco de tudo, mas sempre com uma pegada de protesto. O grupo surgiu no grupo de teatro Nós do Morro, que fica no Vidigal. Apaixonaram-se pelas rimas, que conheceram através da professora Jackie Brown, e decidiram montar o grupo. Começaram com pequenos shows em locais como escolas, mas depois conheceram um grupo de estrangeiros e resolveram trabalhar juntos. Na época, lançaram o clipe Pearls Negras- Pensando em Você, e saíram em turnê internacional, com apenas 13/14 anos. Hoje, com 21/22 anos, as meninas amadureceram sua música e trocaram de nome para algo que tem mais a ver com o som delas.

Comentários