Ir para conteúdo

Menina de azul, menino de rosa

Fotos:
|
Texto: RIOetc

@_kabrito e @irynaleblon

Ao definir que a “Nova Era” será marcada por “meninas de rosa e meninos de azul”, a ministra Damares não sabia, mas estava dando a senha: neste carnaval, o que mais vai se ver por aí é o contrário disso. Melhor jair se acostumando. A fala da ministra foi uma das inspirações para as tattoos carnavalescas lançadas pelo site RIOetc, já à venda. “Carnaval é política. Ainda mais um carnaval como o deste ano, depois de tanta tensão eleitoral”, diz Tiago Petrik, editor do RIOetc.

Na foto, posam Kamilla Brito, aka Lili Bitch, e Pedro Bastos, aka Iryna Leblon. Os dois já venceram o Queens, concurso de drag que acontece na Fosfobox.

“Quando criança eu odiava usar rosa justamente por causa da obrigação”, diz Kamilla, que se considerava “andrógina”, mas há pouco abandonou este rótulo. Já Pedro defibe-se como queer (em português, ‘excêntrico”, ‘insólito’) – termo para designar pessoas que não seguem o modelo de heterossexualidade ou do binarismo de gênero.

Sim, vai ter carnaval. Azul, rosa e de todas as cores do arcoíris.

Comentários