Ir para conteúdo

Inspirado nas senhoras de Copacabana

Fotos: Felipe Haua
|
Texto: RIOetc

@allergique_supersonique

O Lucas Ribeiro, clicado no Festival de Primavera da PUC- Rio, é ex-aluno da universidade e esteve por lá para vender peças do seu brechó Dedadinha. Como sempre foi apaixonado por moda, mas costurar nunca foi sua praia, ele resolveu cursar design gráfico, passou pelo projeto de produto e agora se prepara para novas aventuras lá fora. Dá pra ver que ele é estiloso e não é a toa, seus ícones de estilo são: as senhorinhas de copacabana e da tijuca, as gêmeas Olsen e Leandra Medine. Anota, aí!

Como é cria da universidade, resolveu dar as caras no festival (além de expor um pouco do seu trabalho) e curtir as músicas e artes dos outros alunos. O festival é muito importante porque é sempre bom ressaltar a arte no meio acadêmico, mesmo que ainda seja um pouco problemático permanecer dentro da bolha de ensino particular. Nesse dia rolou rap e outros elementos da cultura jovem e negra. Aproveitamos pra conversar um pouco sobre o Dia da Consciência Negra. Essa data é muito significativa para reparar como o privilégio branco continua reforçado. Como trabalha e estuda moda, percebeu que, nessa indústria existem muitas pessoas com talentos excepcionais, que deixam de ser contratas por ter mais melanina na pele, perdendo vagas de emprego pra pessoas não tão talentosas, mas com uma beleza mais “padrão”. É um dia de reflexão.

Comentários