Ir para conteúdo

Arte viva

Fotos:
|
Texto: RIOetc

@jhon.vital

“Eu sou portador de uma arte resistente periférica. Vejo a arte como libertadora do ser humano”. Jhonatas Vital, estudante de Artes Cênicas, se enxerga como um “carioca representante da Zona Oeste”. Na PUC-Rio, onde estuda, utiliza o ambiente muitas vezes hostil para fazer e viver arte. Para construir suas performances, ele leva no coração os ensinamentos da coordenadora do curso Ana Kfouri, além de pegar emprestado a interpretação de Fernanda Montenegro e a dramaturgia de Augusto Boal. Tá bom o time?

Comentários