Ir para conteúdo

A moda como ela é

Fotos:
|
Texto: RIOetc

_DSC7335 cópia

Foto: Juliana Rocha

[Carolina Tardin]

Toda luz tem sua sombra, toda frente tem seu verso, cada pólo positivo tem seu exato negativo. É essa dicotomia que Maureen Callahan, jornalista nova-iorquina especializada em moda e cultura pop, trata feito ferida aberta ao discorrer a história da moda dos últimos 30 anos em “Champagne Supernovas”.

Tendo como ponto de partida a trajetória de três grandes nomes do cenário, Kate Moss, Alexander McQueen e Marc Jacobs, a leitura contextualiza tempo, cultura e comportamento num corpo social que vive constantes mudanças desde o campo das artes, moda até – o que podemos dizer de – a mais recente instituição estabelecida como mídia. Simplificando: o livro se propõe retratar como a moda, a mídia e os ícones do nosso tempo influenciam nosso comportamento; gostos sobre o que é belo ou feio; o que é genial e inovador; e o que é verdadeiro ou não.

Acompanhando os detalhes pessoais, extravagantes e até sórdidos dos três personagens ao longo dos anos, a leitura é uma jornada que abrange como o jogo de aparências pode ser cruel. A leitura também nos guia em um passeio pelo surgimento de tendências, além de louvar a sensibilidade de cada um em notar as nuances do comportamento do outro (olha o poder de empatia aí!) e criar maravilhas a partir disso. Ao fim da leitura dá pra ter a noção do enorme poder desse tripé icônico de inspirar gerações, criar feitos atemporais e marcar a história da moda.

Entre muitos nomes, citações e lugares, o importante é que não precisa ser um ás no assunto pra curtir cada página – pelo contrário, o livro é repleto de referências pra entender melhor o nosso tempo. É pra ler, manter na cabeceira e consultar quando quer que seja!

Champagne Supernovas

Editora Rocco, R$ 34.50

Comentários