Ir para conteúdo

Muito prazer, The Bricksons

Fotos:
|
Texto: RIOetc

[Francesca Leta]

Foi logo depois de se formar que Lila Abreu se ligou que a parte de Design que mais a cativava era a fase de desenho de protótipos.  Quando engravidou, percebeu que de fato havia cansado de seu atual trabalho, designer de produtos de uma empresa de mobiliário. Com o apoio do marido, Lila voltou a exercitar uma paixão de longa data: a ilustração.

Conciliou os cuidados com o filho com a volta aos estudos. Fez cursos no Parque Lage e alguns outros com Renato Alarcão. Com o tempo foi construindo sua linguagem, que foge do digital e caminha mais para o campo das colagens e da aquarela.

Um dia, treinando suas ilustrações, Lila se deparou com dois pequenos tijolos de madeira com dois furos em cada um. Olhou, pensou e não hesitou: dois olhos, nariz, boca e cabelo. Assim nasceram Sr. e Sra. Brickson. Que depois ganharam como companheiros o filho, um gato e um cachorro. Assim nasceu a família The Bricksons.

O que começou como brincadeira ganhou forma depois que gravou um pequeno stop motion e postou no Facebook. Os amigos começaram a encomendar, indicar para amigos de amigos e hoje Lila tem, em média, uma família por semana para construir. “Os personagens são inspirados nas famílias, algumas características são preservadas, mas no final são mais uma caricatura.”

As madeiras no começo eram todas sobras de obras ou de trabalhos antigos. Hoje, com o aumento da demanda, ela precisa encomendar, mas sempre prioriza os refugos. Para pintar, tinta acrílica, lápis de cor aquarelado, aquarela e verniz por cima para finalizar. Eles vêm embalados em sacos floridos que a mãe de Lila, uma mineira prendada, confecciona.

Lila leva o projeto como um passatempo: “é uma maneira gostosa de trabalhar! Levo em média três horas para finalizar uma família.” Ela trabalha no ateliê que fica em sua casa, assim pode tomar conta de seu pequeno que ainda tem cinco anos.

A família The Bricksons ganhou espaço na parede da hamburgueria Metrópole Art’n Grill – o maior projeto até agora. Lila ainda não sabe o rumo que isso tudo vai tomar, quer ir tocando em paralelo as ilustrações que faz. Seu marido, também designer de produto, insiste em fazer algum jogo pra crianças usando os tijolos. A aprovação do filho eles já têm! Lila ainda resiste, mas garante: “ideias não faltam para desenvolver o projeto!”.

Fotos: Bruno Machado

_DSC0078 cópia _DSC0044 cópia _DSC0059 cópia _DSC0066 cópia

Comentários