Ir para conteúdo

Muito prazer, Afeto Escola

Fotos: Bel Corção
|
Texto: RIOetc

Neste exato momento, Dani Vargas está em Luxemburgo, e sua sócia, Flora Setta, no Rio. A distância não foi um entrave para a criação da Afeto Escola, que acaba de abrir suas portas. Ao contrário, elas contam com a proximidade proporcionada pela web para tocar o projeto e encher as salas de aula virtuais. Focada em Moda, a escola terá como primeiro professor o publicitário André Carvalhal, atualmente diretor co-criativo da Ahlma, autor dos bestsellers “A Moda imita a vida” e “Moda com Propósito”.

“A Afeto surgiu enquanto eu ainda trabalhava na Farm e via por todos os lados e setores da empresa pessoas inspiradoras e talentosas. Logo pensei em educação e em como seria maravilhoso compartilhar o conhecimento dessas pessoas com quem quer aprender e adentrar no mercado da moda”, conta Dani. “Algumas pessoas até já faziam isso, como o próprio André, mas todos em escolas físicas, e principalmente no eixo Sul-Sudeste. Como eu fazia projetos especiais e a gente tentava sempre sair do Rio, esse drive ficou na minha cabeça – “descentralizar e trabalhar moda pelo Brasil afora”.  Juntando as peças com a minha amiga e sócia Flora Setta, a Afeto surgiu”, explica.

Como “Moda”, entenda-se cursos teóricos sobre Sustentabilidade, Branding e Marketing, ou práticos, como Corte e Costura. “Há hoje algumas escolas online que entregam soluções tecnológicas para abrigarem vídeo-aulas de educadores, mas o recorte é bem mais amplo”, diz Dani. A Afeto se propõe a trazer outros modelos de negócios para esses educadores, empreendedores e profissionais, como a estamparia e o ateliê online, onde eles podem colocar os seus trabalhos à venda para pessoas físicas ou marcas comprarem.

O curso “Tendência – Moda e Vida”, com André Carvalhal, fala sobre a construção de marcas de moda e moda e sustentabilidade, temas dos livros do professor. As inscrições já estão abertas.

E encontros ao vivo? “Ao vivo, sim. Reais, provavelmente não. Isso quer dizer que a maior parte dos nossos cursos terá um webinar para que sejam feitas perguntas diretamente ao nosso convidado, mas não podemos priorizar algumas cidades do país ao promovermos encontros reais se nossos alunos são de diversas regiões”, explica Dani. “Caso haja algum curso em que coincidentemente todos os alunos sejam da mesma cidade, poderíamos promover encontros, mas é bem improvável que isso aconteça”, ressalva. “Estamos felizes com os benefícios que o mundo online traz: flexibilidade no tempo das pessoas, valores acessíveis e abrangência nacional”, diz a publicitária, lá de fora, mas sempre na área de cobertura.

Comentários