Ir para conteúdo

Casa dos sonhos

Fotos:
|
Texto: RIOetc

[Francesca Leta]

O caos do dia-a-dia está estampado nos bairros da cidade: barulho de trânsito, desvios de obras e a nossa pressa cotidiana… Chegando no Itanhangá o clima muda. É aconchegante, sempre mais friozinho e imerso na mata. O lar do casal Laura Sugimoto e Eduardo Politzer representa bem essa calmaria. Uma casa de concreto e madeira- com jardim e piscina- que, ao entrar, tiramos os sapatos e calçamos um chinelinho japonês de palha.

A Laura é responsável pelo Wabi-Sabi Ateliê – estúdio de design inspirado na natureza – e o Eduardo é sound designer e está criando a própria empresa, a Til. O casal está junto há sete anos e mora há um ano na casa que data dos anos 70. “O Eduardo foi fazer a graduação no Canadá e fui a princípio só pra acompanhá-lo, acabei fazendo um curso também. Ficamos  um ano morando juntos por lá. Seria quase impossível voltar ao Brasil e morar na casa de nossos pais”, explica Laura. Foi assim que decidiram alugar a casa no Itanhangá.

“Estamos percebendo a casa aos poucos. Onde entra a melhor luz, a hora que os mosquitos atacam e a época do ano que as mangas caem no jardim”, conta Laura servindo o café nas xícaras que ela trouxe direto de Estocolmo. “A maioria dos nossos objetos e móveis têm duas fontes: ou vieram de viagens, ou são heranças de família.” Por exemplo, o baú no centro da sala veio com o avô de Eduardo da República Tcheca, os vinis – que são xodó – são herança dos pais do casal e alguns dos vasos de vidros que Laura usa no trabalho vieram do Canadá.

Laura e Eduardo concretizaram o sonho de muitos: ambos trabalham de home office. Laura tem seu showroom no primeiro andar, onde recebe os clientes. No segundo piso fica seu escritório e o estúdio de Eduardo. É um contraste entre o artesanal e o tecnológico. “É realmente muito bom trabalhar de casa. Mas uma meta para 2016 é conseguir separar a vida normal e hora de trabalhar. Às vezes é difícil!”, desabafa Laura.

Não tiveram dúvidas na hora de responder qual o canto favorito: “o sofá, que era da casa dos pais de Laura. É lá que vemos as nossas séries favoritas no final do dia quando já estamos cansados de trabalhar”, conta Eduardo. Eles curtem séries leves, como “How I Met Your Mother” e “The Office”.

“Moramos aqui desde fevereiro e já fizemos alguns encontros. Já rolou uma festa junina e no domingo passado teve um ensaio aberto pros amigos.”, conta Eduardo que toca vários tipos de instrumentos – do ukulele ao trompete. Laura também realiza workshops em casa – fiquem de olho, os próximos são dia 5 e 12 de dezembro! Assim, vocês podem conhecer um pouco mais desse lugar mágico!

Fotos: Bruno Machado

_DSC7355 _DSC7361 _DSC7365 _DSC7373 _DSC7376 _DSC7385 _DSC7395 _DSC7401 _DSC7425 _DSC7449 _DSC7457 _DSC7493 _DSC7528 _DSC7538 _DSC7542 _DSC7345 _DSC7349 _DSC7351 _DSC7354

Comentários