Ir para conteúdo

RIOetc entrevista Maxime Perelmuter

Fotos:
|
Texto: RIOetc

Fotos: Tiago Petrik

 

[Renata Abranchs]

Maxime Perelmuter, 34 anos, é menino do Rio, como tá na cara. O surfista formado em Marketing, sempre na cor do verão, é a simpatia e o carinho em pessoa. Herdeiro de George Henri, estilista de sucesso nos anos 80, iniciou seu próprio caminho, também com muito brilho, ao lançar a marca British Colony – pela qual comandou alguns desfiles memoráveis no Fashion Rio. Hoje consultor (o último desfile que assinou foi da Ellus, ano passado), não se esquiva a responder sobre planos para o futuro, que podem, sim, incluir um novo negócio pessoal. “Considero uma possibilidade dentre um punhado de outros projetos e vontades”, diz. O plano profissional mais urgente, porém, é “cuidar das sementes plantadas, para que cada uma germine da sua forma. Me vejo mais versátil”.

Da mesma forma, Maxime acredita que o público consumidor de moda masculina também é mais versátil hoje. “O brasileiro evoluiu muito com o aumento da informação de moda e a oferta de produtos. Em paralelo, e mais abrangente, o comportamento masculino mundial também evoluiu, gerando um melhor entendimento do próprio estilo e do estilo do próximo”, avalia.  Antes de qualquer outro desafio, seja ele qual for, o compromisso de Maxime é com o público do próximo Encontro do Bureau de Estilo – o quadragésimo! –, que tem ele como convidado especialíssimo. Vai falar sobre oportunidades do mercado masculino e posicionamento de marcas. Para ele, ítem-chave é a revolução na forma de relacionamento marca-consumidor. O negócio agora deve ser papo de amigo para amigo. “Em 2012, a Nike chamou minha atenção por essa postura. Agora vamos ver em 2013 que marcas vão performar na comunicação com seu público”, diz.  “Participar do encontro será uma grande prazer e superimportante para o meu processo de entendimento, exercitando as informaçoes que nossa “antena” capta”.

Entre outras coisas (que ele vai guardar pra contar no dia 16), a antena de Maxime tem captado atualmente o CD inteiro da banda Still Corners. E já vislumbra, ainda que sem data, férias na Indonésia. Embora ele seja muito elástico em matéria de “melhor onda do mundo”: “pode ser qualquer uma que estiver em seu dia clássico e que quebre sobre uma bancada de coral”, concede. “Mas lugar para se viver é o Rio”.

Então, chova ou faça sol, a gente espera vocês lá no cinema Itaú Arteplex, em Botafogo, semana que vem, fechado? Enquanto isso, vai ouvindo daí a dica musical do Maxime:
 

PS: Vai dando um confere nos últimos looks masculinos que a gente postou aqui no RIOetc!

PS 2: Ainda dá pra se inscrever pro Encontro. Liga pra (21) 2552-2254!

Comentários