Ir para conteúdo

RIOetc entrevista Estúdio Radiográfico

Fotos:
|
Texto: RIOetc

IMG_0383_ok  IMG_0349_ok IMG_0342_ok

 

Fotos: Tiago Petrik

[Vivian Melchior]

Em uma casa em Botafogo – com um smile amarelo pintado no portão – fica o Estúdio Radiográfico. Rua agradável, vizinhança agrádavel… Você nunca diria, simplesmente ao passar em frente, que aquele endereço abriga algumas das mais criativas mentes da cidade. Pedro Garavaglia e Olivia Ferreira (“nem amigos, nem um casal”, como brincam – ouso dizer que são algo muito maior que isso, vide a sintonia dos dois)  são os sócios do escritório que, desde 2004, tem alegrado o mundo com o chamado e conhecido bom design.

Formados em Desenho Industrial pela PUC e há mais de 10 anos juntos, começaram sua jornada profissional no design gráfico – e é nele que ainda exploram suas habilidades. Iniciaram oficialmente com lançamento do livro Rio Ateliê: “A proposta era discutir o novo formato de ateliê, que não era mais, necessariamente, apenas um espaço físico, e sim um espaço mental que poderia estar num computador, no caderno de desenhos etc.”, conta Pedro. Depois disso, a ligação com o teatro nasceu e até hoje é marca registrada: o Estúdio Radiográfico é um dos responsáveis pelos cartazes e programas de peças mais criativos já vistos. A primeira, Regurgitofagia, peça do Michel Melamed, foi um sucesso (e aqui você vai pirar com todos que já fizeram)!

O último grande trabalho do estúdio, depois dessa longa estrada de projetos excelentes (você pode conferir no site deles), foi a criação de toda a programação visual da cerimônia de abertura das Olimpíadas Rio-2016. Do cenário até as bicicletas que representavam os países. Assinaram todas as imagens, tanto as projetadas quanto as impressas. Tudo desenvolvido através de um longo processo criativo, desenhos de esboço, ideias de toda a equipe e muita mão na massa por mais de 10 meses.

Dica: o próximo projeto deles, chamado Música de Elevador (musico/banda + elevador = música de elevador). Entra aqui, se diverte com o clipe e aguarda o próximo, que promete ser com o cantor Rubel. (A gente ficou na dúvida se este post entrava como “entrevista” ou “RIOetc Musical”).

Convite: ler as frases de Fernando Meirelles e Daniela Thomas (diretores criativos responsáveis pelas cerimônias de abertura das Olímpiadas) a respeito deste trabalho em conjunto que fizeram com o Radiográfico:

Daniela Thomas

” Me sinto muito orgulhosa de ter sacado que eles existiam e os ter convidado pra se juntar a nós. A chegada da Radiográfico no time de criadores da cerimônia de abertura das olimpíadas foi incrível. Eles trouxeram uma visualidade que superou toda expectativa: uma brasilidade vigorosamente não provinciana, um humor sofisticado, contemporâneo e elegância em cada escolha. Tudo o que eles tocaram ficou bacana. Além de serem as pessoas mais legais que há. Sucesso total. “

Fernando Meirelles

” Das soluções para as projeções no chão, passando pelas trocas de pele dos palcos até o programa do espetáculo, tudo passou pelas mãos ou pelos olhos da Olívia e do Pedro. O desafio era criar imagens muito brasileiras sem cair em clichês. A missão foi cumprida integralmente. Tudo se parece com a gente, mesmo sem nunca termos visto aquelas imagens.”

Comentários