Ir para conteúdo

Uma rosa junina

Fotos: Wendy Andrade
|
Texto: RIOetc

Encontramos a Rosa Diaz (só Rosinha para os íntimos) no seu programa preferido do ano: a festa junina de Paquetá. Ela ama as festas juninas (até mais que carnaval) – então não precisa ser necessariamente em Paquetá mas principalmente em algum lugar que faça a gente sair da nossa zona de conforto – como fora da Zona Sul, por exemplo. Ela, que é formada pelo IFCS em Ciências Sociais, acredita muito nos encontros e nas pontes: “acho que as pessoas tem que sair do lugar comum”, conta. Não é a toa que escolheu trabalhar no ATADOS, plataforma que divulga trabalhos voluntários e faz conexões entre pessoas que querem ser voluntárias à ONGS, assim como projetos de mobilização social e fortalecimento de redes do terceiro setor.

Fora isso, a Rosinha deu a dica: além de frequentar toda a quinta o Samba Independente dos Bons Costumes, perto do IFCS, no Centro, estará nesse sábado na festa junina da Praça Paris, no Arraiá de Todos os Santos. Se quiser esbarrar com ela já sabe onde!

 

Comentários