Ir para conteúdo

Mães em Movimento: Rebeca Sellitti

Fotos: Tiago Petrik
|
Texto: RIOetc

Mães em Movimento: um retrato da nova geração de mães que está redefinindo o estereótipo da maternagem.

Elas transitam entre carreira e vida pessoal, se entendem na sua individualidade e são sinônimos de mobilidade. A Sandálias Ipanema, em co-criação com a Noix e o RIOetc, apresenta Mães em Movimento, projeto que quer retratar as mães que são livres para transitar pelos espaços, prezam pela sua individualidade e reconfiguram o relacionamento entre a maternagem e os outros aspectos da sua vida. Convidamos oito mães para mostrar que ser mãe também é ser livre dos pés à cabeça. Conheça agora Rebeca Sellitti (@rebecasellitti)

A Rebeca não nasceu carioca, mas os cinco anos de experiência na cidade já garantem o título. O filho Caetê (que significa Mata Virgem em Tupi) chegou quando ela tinha 24 anos, mas isso não foi motivo para a Rebeca pirar. Para ela, ser mãe jovem traz uma despreocupação em errar, aprender, e depois entender tudo com um olhar mais apurado: “Acho tudo que é dito sobre amor, sobre mudança, sobre evolução acaba sendo de certa forma meio clichê, mas é real. A gente não tem tempo a perder, a gente vive intensamente cada sorriso, cada choro, cada febre, cada tombo e cada dia. Não é fácil, mas é amor, um amor que aprendemos com ele ao longo da vida”.

“Agora, não é só de bilu bilu que vive o homem, não é mesmo?”, brinca contando das saídas com o marido. Entre as fraldas e mamadeiras, o casal separa um dia especial para sair a dois: seja para beber um vinho ou curtir o show da banda que eles curtem. Segundo a Rebeca, o equilíbrio é o segredo para educar os filhos e manter a cabeça no lugar. Pela carinha dos dois, a gente percebe que a conexão funciona!

Comentários