Ir para conteúdo

Fora do armário

Fotos: Wendy Andrade
|
Texto: RIOetc

@wilkernor

Desde pequeno, o Wilker Noronha sempre foi o diferentão da turma. Hoje, publicitário de uma corretora da bolsa de valores, ele faz questão de reforçar seu estilo e enxerga na moda uma forma de representação tanto espiritual quanto política.

Para compor seus looks criativos, ele recorre às feiras e brechós da Cidade Maravilhosa. Seus pontos favoritos são as barraquinhas em Vila Isabel e na Praça XV, que todos os sábados abriga uma feira de antiguidades, perfeita para quem curte garimpar boas peças a preços baixos. Da última vez que foi lá, encontrou uma jaqueta para o namorado que já é praticamente um xodó. Segundo o Wilker, ele se sente mais à vontade com as “brusinhas” de cinco reais.

Para o publicitário, a moda também é uma ferramenta para expressar sua sexualidade, taxada pelos pais como “coisa do demônio”. Dentro de casa, o Wilker respeita as regras da família. Já nas ruas, a liberdade é sua prioridade, por isso ele sai de short curto, cropped ou unhas pintadas, sem medo de preconceito: “Eu vejo um futuro muito promissor, as coisas estão começando a sair do armário”.

Comentários