Ir para conteúdo

Muito Prazer, Ateliê Muda

Fotos: Tiago Petrik
|
Texto: RIOetc

@ateliemuda

O Ateliê Muda não tem esse nome à toa. Ele vem de uma mudança radical na vida da Cris Nogueira: a publicitária largou a carreira na área, o cargo alto, pra cuidar de si. E do seu jardim! “A minha relação com as plantas foi desde sempre, eu morei em casa aqui no Rio com jardim, mas era uma relação ainda distante porque sempre trabalhei muito. Com uma rotina mais tranquila, eu passei a despertar pra certas coisas que quando você tá no automático você não percebe, das coisas que você realmente pode vir a gostar e se interessar. Então tive esse tempo de imersão pra outras coisas e me apaixonei por estar mais em conexão com a terra, com as plantas e a natureza”, conta. Depois da curiosidade e das experimentações no jardim de casa, a Cris passou para os cursos de paisagismo e jardinagem. “Hoje em dia até tem alguns cursos de arranjos florais, mas foi muito no intuitivo e tá dando certo. Eu tenho uma vontade muito grande de expandir isso e no futuro estar plantando espécies não convencionais, de flores que não encontramos recentemente.”

Hoje, o ateliê faz trabalhos de paisagismo e consultoria para ambientes internos e externos, trabalhos florais de arranjos e buquês, além de ser responsável pela assinatura olfativa dos canteiros do Quadrilátero do Charme em Ipanema, com damas da noite e com lírios da paz. “Acho bem simbólico!” E se ela tem uma planta ou flor favorita? “É difícil dizer uma planta ou flor favorita, porque a gente começa a se apaixonar por muitas, mas as plantas que eu mais me envolvo mesmo de uma forma geral são as que eu consigo recuperar ou fazer um tratamento nela e ver que ela ficou bem. Mas pensando nas espécies, eu gosto muito de filodendro que tem umas folhas gigantes em formato de coração. Eu gosto muito das plantas que me remetem a essa floresta tropical que a gente tem um pouquinho ainda no Rio, como samambaias, costela-de-adão. São espécies que você anda aqui pelo Rio e você vê. De flor, eu acho a dália. Eu estou num apego com dália nesse momento. Ela é incrível!”

Quem chegar aqui pela loja, encontra a assinatura da Cris no paisagismo do ambiente. “Aqui a gente tentou fazer um recorte de plantas das ruas, mas que tem um ar mais tropical. Tropicalizar o ambiente da loja. Tô orgulhosa!” Nós também, e muito!

Comentários