Ir para conteúdo

Um escritório de arquitetura na laje

Fotos: Tiago Petrik
|
Texto: RIOetc

Se não fossem as três mães da Juliana, a Kube, escritório de arquitetura à frente de projetos de lojas como as da Outer, AquaRio e Hugo Boss, talvez não existiria. A mãe biológica, junto com o resto da família super erudita, sempre incentivou que a arquiteta aprofundasse os estudos depois do término da faculdade. Já a “mãe acadêmica” Vera Damazio, coordenadora do curso de Design, Memória e Emoção da PUC-Rio, a mostrou como projetar um objeto para enfatizar sentimentos. Por fim, Bel Lobo, a “mãe profissional”, apresentou à Ju as primeiras grandes conquistas, essenciais para que ela seguisse seu caminho sozinha.

Sozinha talvez não seja o melhor termo, já que a Kube hoje, no escritório na Gávea que divide com a agência Ana Couto e a plataforma de inovações Laje, conta com um time de 11 profissionais, sendo 5 arquitetas e o resto dividido entre administração, marketing e comercial, a base para que todo o trabalho exista. Desde o nascimento, em 2004, o foco do escritório é varejo, especialmente na arquitetura sensorial, expressão que dá nome ao livro “Arquitetura Sensorial: a arte de projetar para todos os sentidos”, escrito pela própria Juliana ao se deparar com a falta de bibliografia sobre o assunto no país.

Mais do que projetar uma loja, o objetivo é pensar na materialidade dos objetos e nas sensações que provocam no consumidor: “Quando você tá descalço numa loja, o que você sente através da sola dos seus pés? Um provador de roupa, como ele te recebe? Ele te abraça? O provador de roupa é o momento mais íntimo do cliente com o seu produto, maior interação e experiência, então, como esse provador media essa relação?”, explica a arquiteta.

A loja do AquaRio, um dos maiores desafios do escritório, foi também uma das soluções mais criativas. De acordo com a planta inicial, todos os visitantes obrigatoriamente passavam pela loja quando terminavam o circuito, por isso, a intenção era “frear o passo”, como diz a Juliana, e fazer com que as pessoas realmente gastassem tempo na loja e não a vissem como mero corredor de passagem. A sugestão da Kube foi puxar a fachada para a frente dando espaço a um grande salão. Ao fazer isso, a loja teve de incorporar um laboratório de águas-vivas, uma atração que além de trazer entretenimento promove o conhecimento, o grande mote do aquário.

Aqui na cidade, a Kube ainda tem muitos projetos para tocar. Além das lojas da Outer, que a Juliana já se considera “meio mãe”, já que participa de todos os projetos desde o primeiro-; Hugo Boss, há nove anos com o escritório; vem mais novidade por aí: serão eles os responsáveis pela idealização da nossa Incubadora, um espaço na loja do RIOetc para novas marcas que precisam de um lugar fixo para expor seu trabalho. Curtiu? Manda mensagem pra gente, através do email [email protected], com o assunto Incubadora RIOetc, falando um pouco sobre a sua ideia! E  se for cliente, não esquece de enaltecer o projeto da Kube quando vier nos visitar <3

Comentários